Agronomia2019-02-18T10:09:29+00:00

Project Description

O curso de Agronomia oferecido pela Faculdade de Agronomia da Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior, de Mineiros (GO), iniciou suas atividades no dia 29 de janeiro de 1994. Ele fora implantado para suprir a falta de mão-de-obra tecnicamente qualificada no contexto da agroindústria, propriedades agrícolas, extensão rural, ensino e, como não poderia deixar de ser, para desenvolver pesquisa e estudos experimentais a fim de manter o equilíbrio no meio social em que se via contextualizado. Foi criado pela Lei Municipal Nº 587 de 19/09/1993, publicada em 20/09/1993.

Obteve autorização de funcionamento pelo Decreto de 9 de setembro de 1993, publicado no DOU de 10/09/1993, nos termos do Processo nº 23123.001640/93-46 do Ministério da Educação e do Desporto, podendo admitir 30 alunos anualmente por processo de seleção via Concurso Vestibular, para um período mínimo de 5 anos e máximo de 8 anos, exigidos para a obtenção do Título de Engenheiro Agrônomo.

Em 2003, o Curso teve sua Renovação de Reconhecimento concedida através da Portaria Nº 1.931, de 26 de agosto de 2003, para o período de 2001 a 2004, tendo em vista o Processo nº 19762933/2001.

No ano de 2005, o reconhecimento foi renovado – até dezembro de 2007 – por meio da Portaria 417, de 12 de abril de 2005, tendo em vista o que consta no Processo nº 19762933/ 01 (23918837/03).

Em 2008, obteve a Renovação de Reconhecimento até 31 de dezembro de 2011 pela Portaria Nº 1.841, de 11 de novembro de 2008, publicada no DO/GO de 14/11/2008, nos termos do Processo Nº 200700044002783 (autuado em 17/09/2007). A carga horária total aprovada para o período semestral foi de 3.990 horas/aula.

Duração do Curso:

O tempo previsto para completar o curso varia entre 60 e 96 meses

Vagas e Turno:

Número de vagas por turma: 45
Turno: Integral

Investimento:

Número de Parcelas: 60
Valor com 5 % de desconto: R$ 912,95
Valor sem desconto: R$ 961,00

Habilitação e Carga Horária:

Habilitação: Bacharel em Agronomia
Carga horária do curso: 4500 horas/aula

Coordenadoras do Curso:

Márcia Maria de Paula
E-mail: [email protected] / Fone: (64)3661-4074

Núbia Sousa Carrijo
E-mail: [email protected] / Fone: (64)3661-4074

Objetivos

O curso de Agronomia do Centro Universitário de Mineiros formará um profissional apto a se envolver com a agropecuária, a resolver questões da área voltadas para aspectos técnicos, econômicos, sociais e políticos, que possua amplo conhecimento teórico, prático, científico e tecnológico, bem como habilidade, senso crítico e criatividade, para que possa gerar tecnologias e atender às necessidades compatíveis com o modelo agrícola atual, principalmente o da região, baseado nos interesses da comunidade e na integração permanente e harmoniosa com a natureza e com o homem, tendo como princípios:

  1. o respeito à fauna e à flora;
  2. a conservação e recuperação da qualidade do solo, do ar e da água;
  3. o uso tecnológico racional, integrado e sustentável do ambiente;
  4. o emprego de raciocínio reflexivo, crítico e criativo; e
  5. o atendimento às expectativas humanas e sociais no exercício das atividades

Perfil do Egresso

O Engenheiro Agrônomo formado pela UNIFIMES está qualificado profissionalmente para executar as atividades que lhe são conferidas pela Lei Nº 5.194 de 24 de dezembro de 1996, do sistema CONFEA/CREA, bem como o Parecer do CNE/CES (Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior) 306/2004 de 07/10/2004 e a Resolução CNE/CES 1/2006 de 02/02/2006 – que regula o exercício das profissões de Engenheiro, Arquiteto e Engenheiro Agrônomo, com capacidade para realizar análise científica, identificar e resolver problemas, atualizar conhecimentos e tomar decisões com a finalidade de gerenciar, operar, modificar e criar sistemas agropecuários e agroindustriais, sem nunca esquecer os aspectos sociais, políticos, econômicos, ambientais e de sustentabilidade, dentro de um princípio ético e humanista.

Esse profissional será capaz de unir teoria e prática para a aquisição de conhecimentos e habilidades, bem como para a inovação, a detecção e a resolução de problemas. Em síntese, seu perfil profissional é construído através de conhecimentos, aptidão ou habilidades; compreensão e atitudes ou comportamentos.

Fundamentado nesse contexto, o profissional do curso de Agronomia do Centro Universitário de Mineiros tem habilidade e competência para:

  • Conhecer e compreender os fatores, os sistemas e os métodos de produção (recursos naturais, trabalho, capital e tecnologia); os mercados de produtos e insumos e a linguagem (falar e escrever utilizando a língua prática e a técnica; saber se comunicar em sua região e com o mundo e as novas linguagens da eletrônica);
  • Conhecer, compreender e respeitar os princípios éticos e humanistas, bem como os aspectos políticos, sociais, econômicos, ambientais e de sustentabilidade;
  • Conhecer, compreender, organizar, gerenciar e atuar num complexo agroindustrial, empresarial, de pequena propriedade rural e comunitária;
  • Atuar com espírito empreendedor, mediante o gerenciamento, operação, manutenção e modificação de sistemas de produção;
  • Aplicar conhecimentos científicos e tecnológicos;
  • Projetar e conduzir pesquisas e interpretar os resultados;
  • Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços e difundir conhecimento e tecnologia; atuar em equipes multidisciplinares e em categorias diversas dos sistemas de produção;
  • Identificar problemas e propor soluções, bem como desenvolver e utilizar novas tecnologias;
  • Atuar com pontualidade e disciplina, seja no agronegócio ou como docente no ensino superior;
  • Atualizar seus conceitos.

Um conjunto de níveis de proficiência técnica envolvendo o corpo discente é desenvolvido ao longo do curso, de modo a propiciar-lhe uma formação consoante às necessidades do mercado e aderente aos objetivos propostos para o curso. Para isso, deve-se buscar, sistematicamente, desenvolver os seguintes níveis: capacidade de compreensão de problemas do mundo real, aplicação dos conhecimentos adquiridos na solução de problemas, capacidade de análise sistêmica dos problemas, capacidade de síntese e projeto e, finalmente, capacidade de avaliação e julgamento.

De um modo geral, devem-se buscar os seguintes atributos do aluno graduado:

  1. Habilidades pessoais:
    1. Pensamento sistêmico;
    2. Capacidade de resolução de problemas;
    3. Pensamento crítico;
    4. Análise de risco;
    5. Disciplina pessoal;
    6. Persistência;
    7. Curiosidade;
    8. Capacidade de auto-aprendizagem;
    9. Flexibilidade às mudanças.
  2. Habilidades interpessoais
    1. Trabalho colaborativo;
    2. Capacidade de comunicação;
    3. Capacidade para resolução conjunta de problemas.
  3. Conhecimentos técnicos:
    1. Abstração, representação e organização da informação;
    2. Arquiteturas de sistemas empresariais;
    3. Dinâmica de mudanças;
    4. Domínios específicos da área de Agronomia;
    5. Uso de ferramentas computacionais para avaliação dos conhecimentos.

Tendo como ponto de partida o desenvolvimento destes atributos, entende-se que os estudantes devem ser preparados, ao longo do curso, para fazerem frente às demandas do mercado de trabalho, e que o egresso deve ter condições de assumir um papel de agente transformador, capaz de provocar mudanças através da incorporação de novas tecnologias para a solução dos problemas e propiciar novos tipos de atividades, agregando-lhes:

  1. Domínio de novas tecnologias da informação e gestão das áreas relacionadas às ciências agrárias, visando melhores condições de trabalho e de vida;
  2. Conhecimento e emprego de modelos associados ao diagnóstico, planejamento, implementação e avaliação de projetos ligados às ciências agrárias;
  3. Uma visão humanística consistente e crítica do impacto de sua atuação profissional na sociedade e nas organizações.

Deseja mais informações sobre nossos cursos?

Envie já a sua dúvida!

Traduzir »
WhatsApp Fale conosco
Skip to content