A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou na sexta-feira (25), a segunda edição do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid). Este ano, serão oferecidas mais de 20 mil bolsas, que atenderão estudantes, professores de escolas públicas e docentes de instituições de ensino superior. As inscrições podem ser feitas até 9 de novembro.
     O programa pretende valorizar o magistério e elevar o padrão de qualidade da educação básica. São previstas quatro modalidades de concessão: bolsistas de iniciação à docência, para estudantes dos cursos de licenciatura plena (R$ 350); bolsistas de supervisão, para professores das escolas públicas estaduais ou municipais (R$ 600); bolsistas coordenadores institucionais de projeto, e coordenadores de área de conhecimento, para docentes das instituições federais e estaduais (R$ 1,2 mil).
     Podem apresentar propostas as instituições públicas de educação superior, federais e estaduais, que possuam cursos de licenciatura plena e participem de programas estratégicos do Ministério da Educação (MEC), tais como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e Expansão das Universidades Federais (Reuni), e os de valorização do magistério, voltados para a formação de professores.
     Entre as licenciaturas atendidas constam diversas áreas do conhecimento e níveis de ensino, como física, química, matemática, filosofia, sociologia, música, língua estrangeira, pedagogia e interculturais (para professores indígenas).
    A Capes fornece mais informações sobre o programa pelo endereço eletrônico [email protected] ou pelo telefone 0800-616161, na opção 7, mestrado e doutorado. O edital pode ser obtido no sítio da Capes (www.capes.gov.br).

Fonte: www.nota10.com.br
Acessado em 28/09/2009