A acadêmica de Zootecnia formada em janeiro/2009, Gabriela Franco Oliveira, publicou seu estudo monográfico na revista eletrônica PUBVET.
     Segue abaixo o resumo do trabalho de conclusão de curso:

RESUMO

     Esta revisão contém um apanhado dos trabalhos mais atuais a respeito da nutrição de frangos de corte: Os aminoácidos tais como, a glutamina e nucleotídeos podem desempenhar papel importante durante períodos de grandes desafios e para animais criados no sistema alternativo de produção. A metionina e a cistina, quando fornecidas em excesso aos animais, podem interferir no equilíbrio ácido-básico do animal, ocasionando acidose metabólica. Os rendimentos de cortes, estão intimamente relacionados à presença em níveis adequados e equilibrados deTreonina com adição de lisina sintética, de acordo com a demanda do animal. O uso de aditivos pode contribuir na melhoria do desempenho animal e até mesmo possibilitar maior utilização de ingredientes alternativos. A peletização é o processamento da ração que imprime efeitos benéficos sobre desempenho das aves. Enzimas exógenas nas dietas de frangos de corte aumentam a digestão de ingredientes de baixa qualidade. Minerais como fósforo e cálcio em dietas, garantem uma boa formação com melhoria da resistência óssea. Já as gorduras, sua adição nas rações promove um efeito benéfico no desempenho dos frangos, porém na forma de triglicerídeos causam problemas.
 
Palavras-chave: Atualidades. Rações. Frango de Corte

Sobre o Artigo PUBVET,V. 3, N. 10, Mar 3, ISSN 1982-1263, 2009

Informações Bibliográficas:
Conforme a NBR 6023:2002 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), este texto científico publicado em periódico eletrônico deve ser citado da seguinte forma: Oliveira, G.F.   Atualidades na nutrição de frango de corte. PUBVET, Londrina, V. 3, N. 10, Mar 3, 2009 .

Disponível em: <http://www.pubvet.com.br/texto.php?id=540>.
Acesso em: 30/03/2009.